Blog de Farley Rocha

segunda-feira, 22 de março de 2010

Qu4rteto (volume III)

* * *

Bolas de sabão

Na infância, lembro-me de que quando brincava de fazer bolas de sabão, minha distração era ficar olhando o arco-íris que as bolhas produziam e imaginar quais as cores teriam as coisas cá fora se eu estivesse olhando de dentro de cada uma.

Quando escrevi esses quatro textos que se seguem, talvez estivesse tentando fazer aquelas mesmas bolas de sabão. Mas desta vez, enfim, olhando o mundo pelo lado de dentro delas.

*

* * *

*

no pulo

do gato

a gata

agarra a garra no muro sem furo. Escorrega

a gata

do gato

no pulo

*

*

*

O PÃO E O BRAÇO NA MASSA

A MASSA QUE ABRAÇA A MÃO

O BRAÇO QUE COM A MÃO AMASSA

A MASSA QUE DO BRAÇO FAZ PÃO

*

*

*

arranha-céu

arranha o céu

aranha no céu:

em teto de apartamento alto

teia desce mesmo do céu

tecida por

aranha

que de alta

arranha

a altitude do

céu

no alto de um

arranha-céu

*

*

*

Uma tarde

*

Sofia brinca de bola

Ana prefere pião

Sofia bate a mão na bola

Ana chuta a bola no chão

Sofia agora quer roda

Ana também diz que não

Sofia briga com Ana

Porque Ana só brinca

Com João.

*

*

(Imagem em Art Fractal do designer e DJ Célio Ricardo Canibal)

2 comentários:

O Mundo de Farmácia disse...

Muito bacaca, parabêns por todo esse DOM que só quem tem conhece o TOM.
Abração amigo.
Sucesso sempre!
Saudade

Nicole Rodrigues disse...

Escorrega
a gata
do gato
no pulo.

Uma graça!